Crowdsource

Uma das coisas mais legais que a Web 2.0 trouxe foi o crowdsourcing. A idéia de ter milhares de pessoas que não só estão consumindo o conteúdo gerado pelas empresas, mas também estão produzindo este conteúdo para elas (e ainda sendo pagas para isso) é fascinante.

Não tá entendendo nada? Um exemplo é o Zooppa (www.zooppa.com). Esse site é procurado por empresas que querem criar vídeos virais para seus produtos. Já que ninguém sabe a fórmula para se criar um vídeo viral, eles estão terceirizando o processo para o público. Qualquer um pode chegar lá e colocar um vídeo engraçado/emocionante/chocante sobre o produto da empresa. Os próprios usuários votam no melhor vídeo e o ganhador leva pra casa um prêmio em dinheiro. A empresa por sua vez leva pra casa um vídeo que tem potencial de ser viral (pode não virar nada também, mas por US$3.000 é infinitamente mais barato que contratar uma agência).

Eu tinha conhecido o site faz algum tempo mas acabei esquecendo dele… hoje, sei lá por que, lembrei e decidi voltar lá… parece que a idéia já cresceu. Antes só existia um campeonato de vídeos virais, agora a empresa está atraindo campeonatos de mídia impressa também. Vale a pena uma visita… o site tá bem bonito.

Aqui no Brasil temos um exemplo muito legal que é o Camiseteria. Conheci o site deles quando tava pensando em trazer para o Brasil o conceito do Threadless.

Outras empresas que usam o crowdsource: Sellaband, iStockPhoto, Innocentive

Ainda não entendeu o que é crowdsourcing? Entre aqui e aqui!

Advertisements

3 responses to this post.

  1. […] Bem parecido com a proposta do Zooppa sobre o qual comentei em outro post… […]

    Reply

  2. Zooppa já está presente na Itália e nos Estados Unidos, com enorme sucesso, e agora vai ser lançado no Brasil.

    Pois é, parece fábula, mas é verdade.
    E, para iniciar a experiência brasileira da melhor forma possível, posso adiantar que a primeira campanha será para uma empresa enorme!

    Mais alguns dias e o site brasileiro será lançado.
    Contamos com a sua participação!

    Reply

  3. […] o Beezzer pretende, em parte, fazer isso. Um site que usará o “poder das massas” para “terceirizar” o Serviço de Atendimento ao Cliente (S.A.C.). Ao invés de ligar para um S.A.C. tradicional, ficar […]

    Reply

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: